Páginas

17 de julho de 2012

O essencial de Christian Bale



O mês de julho está aí, e com ele vem a estreia do filme mais aguardado do ano, Batman -  O Cavaleiro das Trevas Ressurge, o último capítulo da trilogia do herói de Gothan City. O longa chega aos cinemas no dia 27, até lá, você pode ir se preparando e assistir os melhores trabalhos de seu intérprete, o ator Christian Bale. Ele já foi psicopata, playboy, herói, operário, lunático, mágico, é um dos atores mais versáteis e corajosos de Hollywood, e um dos meus preferidos.  Confira abaixo os filmes must see do astro, a trilogia Batman não está na lista, por ser seu papel mais conhecido e cujas obras-primas dispensam indicações.


Psicopata Americano (American Psycho, 2000) – Pele bonita, corpo saudável, bom gosto musical e  figurino impecável, rico e bem sucedido profissionalmente, Patrick Bateman beira à perfeição, se não fosse seu materialismo exagerado e seus impulsos de serial killer. É Christian Bale em seu melhor momento, não por acaso, a partir daqui sua carreira deslanchou de vez, só faltou uma indicação ao Oscar. Há rumores que o filme vai ganhar uma refilmagem (desnecessária), mas seja lá quem for interpretar o papel de Bateman, nunca será superior ao psicopata insano vivido por Bale.



O Grande Truque (The Prestige, 2006) – Entre Batman Begins e The Dark Knight, Christopher Nolan e Christian Bale se uniram novamente para realizar esse suspense psicológico surpreendente sobre dois mágicos rivais. O elenco é invejável, tem Hugh Jackman, Scarlett Johansson e Michael Caine, uma direção de arte belíssima, e uma história repleta de surpresas de deixar cair o queixo. Mais um ótimo e original trabalho do Mr. Nolan.



O Operário (The Machinist, 2005) – Foi aqui que conhecemos a capacidade incrível do ator de se transformar fisicamente para viver um personagem. Para viver Trevor Reznik, ele perdeu quase 30 quilos, o resultado na tela é assustador, vê-lo em cena nesse estado de magreza absurda chega a ser chocante. O suspense, é sobre um homem que não dorme há um ano e começa a sofrer de paranóia, acreditando que alguém está conspirando contra ele. Mais uma ótima performance do rapaz, e que revela suas preferências por papéis exigentes.



O Vencedor (The Fighter, 2010) – E cá está Christian Bale magricelo novamente. O personagem de um ex-boxeador que mergulha no mundo das drogas e retorna ao ringue para ajudar o irmão, vivido por Mark Wahlberg, rendeu finalmente, o Oscar de Melhor Ator Coadjuvante para ele. Melissa Leo e Walhberg também foram indicados nas premiações daquele ano. Um drama familiar com resquícios de Rocky – O Lutador bem dirigido e emocionante, e indicado a  todos os públicos.



Império do Sol (Empire of the Sun, 1987) – Com apenas 13 anos, Bale desbanca milhares de crianças e ganha seu primeiro papel no cinema,  e ainda é conduzido por ninguém menos que Steven Spielberg. Jim Grahan é um garoto com um padrão de vida alto, mas  se perde de seus pais numa manifestação violenta na rua e vai parar num campo de concentração japonês durante a Segunda Guerra Mundial. A atuação de Christian, ainda pequeno, é espantosa, e o longa de guerra, segue a linha dos dramas de Spielberg que já estamos bem familiarizados, com aquele final bem comovente de encher os olhos de lágrimas.




Equilibrium (2002) – O trabalho menos conhecido de Christian Bale, porém, esta ficção científica de orçamento modesto merece figurar aqui na lista pelo status cult que vem ganhando ao longo do tempo.  Equilibrium desde sua estreia vem sendo comparado à Matrix, o figurino do personagem de Bale e o visual sombrio futurístico podem ter sido influenciados pelo cultuado filme dos Wachoski, mas para por aí. O enredo se passa num futuro próximo, após uma terceira guerra, e para evitar uma outra, o "líder” da cidade planeja injetar uma droga que inibe qualquer tipo de sentimentos em todas as pessoas. Bale se sai muito bem dando uma de “Neo”, mas bem menos robótico que o personagem de Keanu Reeves. Ah, e as cenas de ação são de tirar o fôlego. Uma pérola do gênero a descobrir. Confira o trailer.


Menções honrosas a estes ótimos filmes:  Os Indomáveis, O Sobrevivente, Inimigos Públicos.

4 comentários:

  1. O Operário é o que mais espanta, pela doação do cara!

    Bruno Paes

    ResponderExcluir
  2. Ele me espanta mais em Psicopata americano....em termos de atuação, já fisicamente, é em O Operário!!

    ResponderExcluir
  3. Exatamente!

    Bruno Paes

    ResponderExcluir
  4. Ηеllo, i think that i ѕaw you νiѕited my weblog thus i came tο “гeturn the faѵor”.
    I'm attempting to find things to improve my site!I suppose its ok to use some of your ideas!!

    Here is my page Going On this page

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...